"Chorar por tudo que se perdeu, por tudo que apenas ameaçou e não chegou a ser, pelo que perdi de mim, pelo ontem morto, pelo hoje sujo, pelo amanhã que não existe, pelo muito que amei e não me amaram, pelo que tentei ser correto e não foram comigo.
Meu coração sangra com uma dor que não consigo comunicar a ninguém, recuso todos os toques e ignoro todas tentativas de aproximação. Tenho vergonha de gritar que esta dor é só minha, de pedir que me deixem em paz e só com ela, como um cão com seu osso.
A única magia que existe é estarmos vivos e não entendermos nada disso.
A única magia que existe é a nossa incompreensão."
Caio Fernando Abreu


4 comentários:

  1. Anônimo1:09 PM

    "pelo muito que amei e não me amaram, pelo que tentei ser correto e não foram comigo"

    Acho que as pessoas passam muito por isso.


    Claudia Draper
    http://querem_me_enlouquecer.blogger.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Lindas palavra. Adoro esse seu jeito poético de levar seu blog, mas não deprima como os poetas faziam, pois a vida lhe reserva maravilhas. Vc verá. beijocas

    ResponderExcluir
  3. Isso acontece muito mas o bom é q temos o poder de mudar isso. Pq o amanhã é sempre tão inspirador e nos convida sempre a renovar.

    Saudade de vc!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Anônimo11:36 AM

    Férias?

    http://querem_me_enlouquecer.blogger.com.br

    ResponderExcluir

INSTAGRAM

@lany__rodrigues