by - 6:40 PM



.


E de repente me lembrei. Assim, subitamente.
O coração quis o beijo devorado pelo tempo das coisas tardias.
A alma ficou mansa, grávida de um desejo bonito.
Perigoso querer, na alvura destes instantes. Galopes e saltos das emoções ferinas.
É que cabe acontecer deste jeito, perdidamente iludida de amor.
Principio na descida de mim, e é tanto sol!
Queimo, ardo, às vezes sufoco com tanto lirismo.
Tenho medo de ser ferida, porque o meu instante é o das coisas breves,
eternizadas pelo momento poético. É tão fácil que pareça leviano,
mas é trágico porque não há rendição, muito menos modo de escolher.


http://www.sedeemfrenteaomar.blogger.com.br/


.

You May Also Like

1 comentários

  1. Como sempre lindo.Visitas ao coração que grita e a boca que cala.Apareça. Abraço e Beijo.

    ResponderExcluir